Malhar de estomago vazio nao ajuda a emagrecer

Uma revisão de diversos estudos da National Strength and Conditioning Association (NSCA), dos Estados Unidos, e publicada na revista do instituto, afirma que fazer exercícios com o estômago vazio não traz benefícios à saúde e pode até causar danos ao corpo. De acordo com os cientistas, muitas pessoas se exercitam com o estômago vazio, acreditando que isso vai queimar mais gordura.

Estudos anteriores, conduzidos na década de 1990, argumentaram que o exercício com o estômago vazio força o corpo a procurar combustível nos depósitos de gordura acumulada, em vez de correr atrás dos carboidratos mais disponíveis após o almoço ou lanches antes do exercício.

Mas, de acordo com os especialistas, o corpo queima basicamente a mesma quantidade de gordura, independentemente de a pessoa comer antes do treino. No entanto, uma pessoa pode perder massa muscular fazendo esforço em um estado de desperdício e, sem o combustível necessário para suportar esse esforço, a intensidade do exercício e a queima geral de calorias podem ser reduzidas.

Uma das pesquisas revisadas para o relatório analisou os ciclistas quando treinam depois de comer e quando treinam com o estômago vazio. Quando eles malharam sem nada no estômago, cerca de 10% das calorias queimadas eram de proteínas, incluindo a perda muscular.

Em outro estudo publicado em 2002, os cientistas descobriram um benefício adicional de uma refeição pré-treino: mulheres saudáveis que consumiram 45 gramas de carboidratos antes do exercício acabaram comendo menos pelo resto do dia.

Escolha o prato certo

No entanto, embora seja bom comer antes do treino, nem todos os alimentos são recomendados nessa altura. Quando os níveis de açúcar no sangue estão muito baixos, o corpo não consegue manter a mesma eficiência física. A hipoglicemia pode causar mal-estar, suores frios, pele pálida, tremores, palpitações e até desmaios durante o treinamento.

Para evitar esses problemas, é importante comer alimentos que contenham açúcar até uma hora antes de iniciar o treino, como carboidratos (pão, biscoitos, frutas, leite, iogurte doce, batata, arroz, macarrão ou uma barra energética). ... Durante o exercício, esses nutrientes fornecem energia e oxigênio para prevenir a fadiga muscular. Os carboidratos também devem fazer parte da refeição após a atividade física. “Eles compensam o que perdeu durante o treino e garantem que você fique com ânimo para o resto do dia”, diz Roberta Stella, nutricionista da Dieta e Saúde.

Comentários (5)

*Estes comentários foram gerados por este site.

  • nur fuzão
    nur fuzão

    Atendeu minhas expectativas

  • jéni f. trierweiler
    jéni f. trierweiler

    Estou muito satisfeito, já tinha usado outros mas esse achei maravilhoso

  • Filena C Wilhelm
    Filena C Wilhelm

    Eu recomendo para todo mundo !!

  • énia bohun
    énia bohun

    custo beneficio top

  • amaia marquez
    amaia marquez

    Produto muito top.

Deixe o seu comentário

Ótimo! Agradecemos você por dedicar parte do seu tempo para nos deixar um comentário.